INSCRIÇÃO     ÁRBITROS     HALL DA FAMA     MERCADO DA BOLA
Usuário:    |  Senha:  
 
FILIADO
 
  29/08 - SEJA UMA EQUIPE FILIADA E PARTICIPE DOS MAIORES TORNEIOS DE FUTEBOL 7 DO ESTADO DE PERNAMBUCO!  
NOTÍCIAS

Data: 26/01/2019
Essa notícia foi lida 293 vezes

  

Invicto, Unidos FC supera o Santa Cruz e conquista a categoria Sub-13 da Copa de Férias

Por: Edgar Caetano

Foto: Luciano Fotoguia / FPF7



O último sábado (19) foi um dia mais que especial, não só para os guerreirinhos do Unidos FC, como para a comissão técnica. Após chegar a final sem perder nenhum jogo, o Unidos venceu o Santa Cruz dentro de seus domínios, no Campo 1 do Estádio do Arruda e conquistou seu primeiro troféu em competições realizadas pela Federação Pernambucana de Futebol 7, a Copa de Férias. Além do título da categoria Sub-13, a equipe, que tem como treinadoras, duas mulheres, também ganhou as duas categorias individuais de Melhor Goleiro, com Ewerton e Artilheiro, com Kadu, terminando com um saldo positivo de 100% na competição.

 

Na campanha até chegar a grande final o Unidos teve uma campanha sólida e não perdeu nenhum jogo. Ao todo, foram 2 vitórias (venceu o CT Barão e o Abençoados Paulistense, ambos pelo placar de 4x0) e 1 empate (2x2 com o Santa Cruz, após estar perdendo por 2x0; venceu no Shoot Out). A grande decisão foi em um duelo novamente com o Tricolor, treinado pelo Valcley Nascimento, uma das grandes referências do Futebol 7 pernambucano. Mas se você pensa que foi fácil, não foi. 

 

Mesmo com a campanha sólida dentro da competição, o Unidos FC, totalmente desconhecido entre os participantes da categoria, impressionou pela força física e união dos atletas dentro de campo. Com alguns atletas com passagens pelas equipes tradicionais do Recife (Náutico e Sport), como o atacante Kiezinha, o Tricolor não conseguiu vencer a equipe que é treinada por Nadja e Juliane Paloma, amigas de Valcley. No jogo, a Cobra Coral, mais experiente e entrosada, dominou as ações do jogo do início ao fim, mas pecou nas várias finalizações que teve durante a partida. Por outro lado, jogando de forma precavida, o Unidos se fechou na defesa e saia com velocidade pelos lados do campo, sempre acionando o atacante Kiezinha, um dos destaques do time. Outro destaque e artilheiro do time, o zagueiro Kadu foi o cara das bolas paradas e chegou a fazer um golaço numa cobrança de falta de longa distância.

 

Com o placar de 2x1, o Unidos venceu a partida e sagrou-se campeão da categoria Sub-13, conquistando seu primeiro troféu nas competições realizadas pela Federação Pernambucana de Futebol 7. A equipe que tem meses de criação - e teve o seu uniforme finalizado no dia do inicio da competição -, já venceu outras finais de outras competições no qual disputou. Das quatro finais, venceu três.

 

Ao fim da partida, o zagueiro Puyol, do Santa Cruz, comentou sobre as falhas do Tricolor durante a final e lamentou a derrota sofrida. "A nossa maior dificuldade foi a gente mesmo! A gente se complicou no jogo, fizemos muitas faltas bestas perto da área e sofremos o que a gente colheu", disse um dos destaques da Cobra Coral e autor do gol do Santa na final. 

 

Artilheiro da competição, o zagueiro Carlos Eduardo (Kadu), falou sobre a importância de começar o ano conquistando títulos, gerando boas expectativas para o restante da temporada.  "Foi muito bom começar o ano já conquistando o título que já é uma motivação para a continuação do ano, até para a gente buscar mais títulos. Fico feliz pelo título de campeão", afirmou Kadu. 

 

Emocionadas com a conquista, as treinadoras Nadja e Juliane Paloma falaram um pouco sobre a equipe e sobre a conquista do primeiro título da temporada. "O time Unidos era um sonho, que hoje é uma realidade", disse Paloma, que não conteve as lágrimas. "Na realidade, somos mães, mãos apaixonadas pelo futebol, mas mais pelos filhos. Meu filho é o Kiezinha. Do nada, surgiu essa ideia e junto com os outros pais, que são nossos amigos, abraçaram a causa e a gente começou com padrão emprestado, um levando o outro (pais levando os garotos para os jogos). Esse é o nosso terceiro título, dois em 2018, começando em meados de setembro e já no primeiro campeonato pela Federação (FPF7) conseguimos chegar, com todo sacrifício e com toda paixão pelo futebol, conseguimos nos consagrar campeões", completou Nadja.  

 

As treinadoras aproveitaram o momento para falar da admiração que tem pelo técnico Valcley Nascimento, do Santa Cruz e comentou sobre participar, pela primeira vez, de competições realizadas pela Federação Pernambucana de Fut7. "Val é nosso amigo, nossos filhos (Lucas e Kiezinha) foram atletas de Val, em 2017. Ele é o nosso mentor, nós amamos Val de paixão. Conversamos sempre com ele, a gente tá sempre junto e nos espelhamos nele, sempre pedindo orientação. É um amigão, um parceiro que a gente conquistou aqui (em campo) e é isso. Nós temos um carinho muito grande por essa Federação. a gente ainda não tinha participado de nenhum torneio e era um desejo nosso. Houve essa oportunidade e chegamos pra ficar. Unidos hoje é a nossa realidade e unidos somos mais fortes", concluíram as treinadoras.








LEIA TAMBÉM!

Recife Soccer e Vasco/Futuro da Colina se destacam no Sub-13 da Taça Pernambuco
Nas primeiras colocações na primeira fase, equipes chegam a fase mata-mata com forte favoritismo
Náutico retorna ao Fut7 e disputará o Campeonato Brasileiro
Em parceria com o Galorote, de São Bento do Una/PE, o Timbu já está em processo de montagem do elenco
Invicto no Sub-10, Revelação chega as semifinais como time a ser batido
Em 9 jogos disputados, a equipe recifense venceu todas na primeira fase e já se garantiu nas semis
Taça Pernambuco adulto chega a fase mata-mata
Jogos de ida das oitavas de final começam hoje a noite
Delegações conhecem a seleção que irão representar na Arena Cup, a Copa America de Fut7
O sorteio foi na manhã de hoje e contou com mais de 150 pessoas no auditório da Arena de Pernambuco

CRAQUE DA RODADA
RANKING


PARCEIROS


Copyright© 2019 FEDERAÇÃO DE FUTEBOL 7 DE PERNAMBUCO.